“Atitude, Atitude, Atitude”

A criação de um Blog é uma estreia para mim. E no meio de tantos, nasce este, da minha vontade de partilhar (coisas), e servirá para isso mesmo, ainda que de pequenas coisas possamos vir a falar. Aliás, se eu acredito (e acredito mesmo) que o Amor está nos detalhes, então é porque este espaço faz todo o sentido!

Se este é um espaço de partilha, de pensamentos fluidos, de inspiração constante, de Amor e de coisas Bonitas, faz sentido que o meu primeiro artigo seja dedicado a uma Senhora que me inspira, e acreditem que falo no verdadeiro sentido da palavra. E eu refiro-me a Iris Apfel.

2

De uma forma resumida, trata-se de uma Senhora que à data tem 95 anos de idade e é considerada um dos maiores ícones da moda actual. Acreditem que com esta idade é imagem de marca de algumas grandes empresas Americanas. Uma americana, decoradora de interiores, que sempre viajou muito e talvez por estas viagens se tornou naturalmente uma coleccionadora de objectos ímpares. Alguém que apesar das suas 95 primaveras está tanto ou mais activa que jovens de 20 anos.

Agora deixem-me esclarecer que quando falo que ela me inspira, não me refiro do seu estilo, pelo menos, não necessariamente … Falo sobretudo da forma de estar na vida.  Irís é uma mulher que tem a liberdade e a segurança de seguir o coração, por saber quem é na verdade, sem medo de se exprimir, e sem querer agradar a outros, mas que com coragem conquistou o seu espaço de uma forma única e especial.

7

Uma Senhora que reconhece que este mundo se encontra demasiado cinzento e pelo menos ela contribui  para o colorir um pouco mais. Para quem a “Atitude, Atitude, Atitude” é uma frase de marca, identificando-a como uma característica essencial para qualquer ser humano. Quanto a ela, diz ser o produto da Curiosidade e do Humor – características que a vida a dotou.

 

Eu acredito que todos nós, homens e mulheres, seres de vontades e convicções, nos identificamos sempre mais com uma ideia do que com outra, mais com com o vermelho do que com o rosa, mais com uma saia do que com calças, …,  e esta lista não teria fim certamente.

É tão importante sermos quem temos vontade de ser, e não como os outros esperam que sejamos. E quando este processo é feito de forma espontânea, é porque as coisas se encontram no lugar certo. Porque acima de tudo o mais importante é sermos (todos) Felizes. Quanto à nossa amiga, ela que sirva de exemplo pois é uma mulher inigualável, quer se goste ou não da sua forma de vestir.

Telma

No Comments

Post A Comment